Resenha: A Garota Inglesa Resenha: Uma Lição de Vida Resenha: Era uma Vez no Outono Resenha: Secrets and Lies
9

Polêmica: As mulheres começaram a trabalhar fora por causa do Feminismo?



Uma afirmação que vejo frequentemente, principalmente em grupos antifeministas, é que as mulheres de antigamente eram exclusivamente donas de casas, e graças ao Movimento Feministas, começaram a trabalhar fora e competir com os homens. Mas, será que essa afirmação é verdadeira? As mulheres de hoje trabalham por que querem ou por que precisam? E nos séculos anteriores, elas não precisavam trabalhar? Ainda no clima do meu texto sobre o Brasil ter melhorado em relação ao passado, vamos analisar mais um mito muito difundido até os dias atuais.
15

As Sombras de Longbourn: Além do conhecido

Autora: Jo Baker
Editora: Companhia das Letras
Ano: 2014
Páginas: 456
Nota: 4,5/5

Sinopse: “As Sombras de Longbourn” é o romance dessas figuras invisíveis. Sob o comando da governanta e cozinheira sra. Hill, trabalham Sarah e Polly, duas jovens trazidas de um orfanato quando ainda eram crianças para trabalhar na casa. O mordomo idoso, sr. Hill, serve à mesa e divide a administração da casa com a sra. Hill. Os quatro formam um pequeno exército de empregados que labuta dezoito horas por dia para que a família Bennet de “Orgulho e Preconceito” goze do máximo conforto possível. A chegada de James Smith, um jovem lacaio recém-contratado, irá movimentar o andar de baixo da casa, revelando antigas tensões entre empregados e patrões.
Mais que uma mudança de perspectiva, um novo universo criado.
4

Três coisas sobre você: Do mundo virtual para o real


Autora: Julie Buxbaum
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
Páginas: 288
Nota: 4/5
Sinopse: Setecentos e trinta e três dias depois da morte da minha mãe, 45 dias após o meu pai fugir para se encontrar com uma estranha que ele conheceu pela internet, 30 dias depois de a gente se mudar para a Califórnia e apenas sete dias após começar o primeiro ano do ensino médio numa escola nova onde conheço aproximadamente ninguém, chega um e-mail. Deveria ser no mínimo esquisito, uma mensagem anônima aparecer do nada na minha caixa de entrada, assinada com o bizarro nome Alguém Ninguém. Só que nos últimos tempos a minha vida tem estado tão irreconhecível que nada mais parece chocante.
Entrando no clima de Três coisas sobre você, o formato da resenha de hoje será um pouquinho diferente. O "jogo" iniciado por Jessie Holmes e Alguém Ninguém é muito simples: cada um escreve três coisas sobre sua vida ou relacionados ao dia (O que você fez hoje? Como foi seu dia?). Aqui vou falar três pontos importantes do livro.

6

Polêmica: O Brasil está melhorando


Provavelmente você já pensou ou ouviu alguém falando que antigamente o Brasil era melhor, que está ficando mais violento, as pessoas mais intolerantes, que a saúde e a educação estão péssimas etc. Mas, será que isso é verdade, nosso país está evoluindo ou não? Vamos refletir sobre isso.

16

Stranger Things, a nova queridinha da Netflix


Produção: Netflix
Criação: Matt Duffer, Ross Duffer
Gênero: Drama, Ficção Científica, Horror
Episódios: 08
Nota: 5/5

Se você gosta de ficção científica, suspense, tema nerd e cultura dos anos 1980s não pode perder essa série, que acabou de ser lançada e já possui uma legião de fãs, chegou ao topo do ranking mais populares do IMDB, desbancando Game of Thrones que se mantinha na posição há anos, consagrando mais uma vez o alto padrão de qualidade da Netflix.
14

O Adulto: Quem engana quem?

Autora: Gillian Flynn
Editora: Intrínseca
Ano: 2016
Páginas: 64
Nota: 5/5
Sinopse: Uma jovem ganha a vida praticando pequenas fraudes. Seu principal talento é a capacidade de dizer às pessoas exatamente o que elas querem ouvir, e sua mais recente ocupação consiste em se passar por vidente, oferecendo o serviço de leitura de aura para donas de casa ricas e tristes.Certo dia, ela atende Susan Burkes, que se mudou há pouco tempo para a cidade com o marido, o filho pequeno e o enteado adolescente. Experiente observadora do comportamento humano, a falsa sensitiva logo enxerga em Susan uma mulher desesperada por injetar um pouco de emoção em sua vida monótona e planeja tirar vantagem da situação.No entanto, quando visita a impressionante mansão dos Burke, que Susan acredita ser a causa de seus problemas, e se depara com acontecimentos aterrorizantes, a jovem se convence de que há algo tenebroso à espreita. Agora, ela precisa descobrir onde o mal se esconde, e como escapar dele. Se é que há alguma chance.
Sou grande fã de Gillian Flynn, ela provou ser uma ótima escritora em “Garota Exemplar” e “Objetos Cortantes” (os outros dois títulos da autora que li), tanto que seus livros venderam 200 mil exemplares no Brasil e renderam dois filmes de sucesso.
20

Análise da Música: Infinita Highway



Highway, palavra inglesa para autoestrada, se refere a uma rodovia destinada apenas ao tráfego motorizado de alta velocidade, planejada com pelo menos duas vias em cada direção de fluxo, separadas por elementos físicos, com cruzamentos desnivelados e acesso restrito. A velocidade, a emoção e o sentido de viagem longa são elementos ricos de significado, por este motivo, o termo tem sido explorado em diversas músicas de muitos autores, porém nenhuma é mais cheia de emoção é significado que esta grande obra dos Engenheiros do Havaí.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...