Resenha: Simplesmente o Paraíso - Quarteto Smythe-Smith #1 Resenha: Uma Lição de Vida Resenha: Era uma Vez no Outono Resenha: Secrets and Lies
0

Tartarugas Até Lá Embaixo: a incrível volta de John Green


Autor: John Green
Editora: Intrínseca
Ano: 2017
Páginas: 256
Nota: 5/5


Sinopse: Depois de seis anos, milhões de livros vendidos, dois filmes de sucesso e uma legião de fãs apaixonados ao redor do mundo, John Green, autor do inesquecível A culpa é das estrelas, lança o mais pessoal de todos os seus romances: Tartarugas até lá embaixo. A história acompanha a jornada de Aza Holmes, uma menina de 16 anos que sai em busca de um bilionário misteriosamente desaparecido – quem encontrá-lo receberá uma polpuda recompensa em dinheiro – enquanto lida com o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC). Repleto de referências da vida do autor – entre elas, a tão marcada paixão pela cultura pop e o TOC, transtorno mental que o afeta desde a infância –, Tartarugas até lá embaixo tem tudo o que fez de John Green um dos mais queridos autores contemporâneos. Um livro incrível, recheado de frases sublinháveis, que fala de amizades duradouras e reencontros inesperados, fan-fics de Star Wars e – por que não? – peculiares répteis neozelandeses.

0

A Pérola que Rompeu a Concha – Uma história que vale por duas



Título Original: The Pearl that Broke It Shell
Autor: Nadia Hashimi
Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Páginas: 448
Nota: 5/5

Sinopse: Filhas de um viciado em ópio, Rahima e suas irmãs raramente saem de casa ou vão à escola em meio ao governo opressor do Talibã. Sua única esperança é o antigo costume afegão do bacha posh, que permite à jovem Rahima vestir-se e ser tratada como um garoto até chegar à puberdade, ao período de se casar. Como menino, ela poderá frequentar a escola, ir ao mercado, correr pelas ruas e até sustentar a casa, experimentando um tipo de liberdade antes inimaginável e que vai transformá-la para sempre. Contudo, Rahima não é a primeira mulher da família a adotar esse costume tão singular. Um século antes, sua trisavó Shekiba, que ficou órfã devido a uma epidemia de cólera, salvou-se e construiu uma nova vida de maneira semelhante. A mudança deu início a uma jornada que a levou de uma existência de privações em uma vila rural à opulência do palácio do rei, na efervescente metrópole de Cabul. A pérola que rompeu a concha entrelaça as histórias dessas duas mulheres extraordinárias que, apesar de separadas pelo tempo e pela distância, compartilham a coragem e vão em busca dos mesmos sonhos. Uma comovente narrativa sobre impotência, destino e a busca pela liberdade de controlar os próprios caminhos.


À primeira vista, é livro enorme, triste e pesado como um soco no estômago que possui uma enorme carga dramática. Parece uma leitura difícil, não? Só parece, o estilo de Nadia Hashimi envolve tanto o leitor e a personalidade das protagonistas é tão marcante que você deve devorá-lo em pouco tempo.
2

A Casa do Lago: Mistério em um lugar exuberante.

Autor: Kate Morton
Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Páginas: 464
Nota: 5/5
SINOPSE: A casa da família Edevane está pronta para a aguardada festa do solstício de 1933. Alice, uma jovem e promissora escritora, tem ainda mais motivos para comemorar: ela não só criou um desfecho surpreendente para seu primeiro livro como está secretamente apaixonada. Porém, à meia-noite, enquanto os fogos de artifício iluminam o céu, os Edevanes sofrem uma perda devastadora que os leva a deixar a mansão para sempre. Setenta anos depois, após um caso problemático, a detetive Sadie Sparrow é obrigada a tirar uma licença e se retira para o chalé do avô na Cornualha. Certo dia, ela se depara com uma casa abandonada rodeada por um bosque e descobre a história de um bebê que desapareceu sem deixar rastros. A investigação fará com que seu caminho se encontre com o de uma famosa escritora policial. Já uma senhora, Alice Edevane trama a vida de forma tão perfeita quanto seus livros, até que a detetive surge para fazer perguntas sobre o seu passado, procurando desencavar uma complexa rede de segredos de que Alice sempre tentou fugir.

Você gosta de livros de mistério que se passam em um lugar não tão conhecido? Caso isso seja verdade, A Casa do Lago é uma boa sugestão de leitura.
0

A Origem – Para onde a humanidade vai?



Autor: Dan Brown
Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Páginas: 432
Nota: 4/5
Sinopse: Robert Langdon, o famoso professor de Simbologia de Harvard, chega ao ultramoderno Museu Guggenheim de Bilbao para assistir a uma apresentação sobre uma grande descoberta que promete “mudar para sempre o papel da ciência”. O anfitrião da noite é o futurólogo bilionário Edmond Kirsch, de 40 anos, que se tornou conhecido mundialmente por suas previsões audaciosas e invenções de alta tecnologia. Um dos primeiros alunos de Langdon em Harvard, há 20 anos, agora ele está prestes a revelar uma incrível revolução no conhecimento… algo que vai responder a duas perguntas fundamentais da existência humana. Os convidados ficam hipnotizados pela apresentação, mas Langdon logo percebe que ela será muito mais controversa do que poderia imaginar. De repente, a noite meticulosamente orquestrada se transforma em um caos, e a preciosa descoberta de Kirsch corre o risco de ser perdida para sempre. Diante de uma ameaça iminente, Langdon tenta uma fuga desesperada de Bilbao ao lado de Ambra Vidal, a elegante diretora do museu que trabalhou na montagem do evento. Juntos seguem para Barcelona à procura de uma senha que ajudará a desvendar o segredo de Edmond Kirsch. Em meio a fatos históricos ocultos e extremismo religioso, Robert e Ambra precisam escapar de um inimigo atormentado cujo poder de saber tudo parece emanar do Palácio Real da Espanha. Alguém que não hesitará diante de nada para silenciar o futurólogo. Numa jornada marcada por obras de arte moderna e símbolos enigmáticos, os dois encontram pistas que vão deixá-los cara a cara com a chocante revelação de Kirsch… e com a verdade espantosa que ignoramos durante tanto tempo.

Dan Brown retorna no livro A Origem com mais um mistério, desta vez sobre o universo. De onde viemos? Para onde vamos? Edmond Kirsch promete revelar as respostas para essas perguntas seculares em uma apresentação no Museu Guggenheim de Bilbao, na Espanha. Mas antes de expor sua descoberta, o futurólogo decide contatar três líderes religiosos com o intuito de perceber como suas respostas irão afetar a humanidade, começando pelos religiosos.
1

Íntimo, reflexões

Foto da autora. Também em: https://www.instagram.com/p/BMGsnlihvOA/


Respiro fundo e olho pela janela. O décimo oitavo andar pode proporcionar visões interessantes das coisas ao redor, além de ser isolado, na medida do possível, do resto do mundo. Um canto à parte.
3

Maurício de Sousa: A História que não está no Gibi - o ídolo de gerações



Autor: Mauricio de Sousa (Em depoimento a Luís Colombini)
Editora: Primeira Pessoa
Ano: 2017
Páginas: 336
Nota: 4,7/5

Sinopse: "Ideias mudam o mundo - poucos chavões são tão verdadeiros e inspiradores. Não mudei o mundo nenhuma vez. Mas, à minha maneira, acho que o melhorei um pouquinho ao gerar bons momentos, diversão e entretenimento para milhões de brasileirinhos. Raros são os autores, no Brasil e no exterior, que podem dizer que foram lidos com o mesmo prazer por avós, filhos e netos. Ou que carregam na bagagem a honra e o privilégio de saber que suas criações, com gibis ou livrinhos agindo como cartilhas informais, ensinaram pelo menos três ou quatro gerações a ler - disparado, meu maior orgulho. Em última instância, sou um sobrevivente, um homem que começou do nada, realizou seu sonho e não quer desistir dele de jeito nenhum. Enquanto eu estiver por aqui, saiba que foi você quem sempre alimentou meus sonhos. Depois que eu partir, não se esqueça de que ideias, e também sonhos improváveis, é que movem o mundo. De um jeito ou de outro, sempre estarei com vocês." - Mauricio de Sousa

Se antes minha admiração por Maurício de Sousa já existia, isso foi comprovado ao ler a biografia Maurício de Sousa – A História que não está no Gibi.  Já vi o quadrinista pessoalmente no ano de 2015, em um evento literário da minha cidade. Naquele dia presenciei de perto sua paixão ao falar sobre suas criaturas e o sorriso ao ver o prestígio de crianças, jovens e adultos pela Turma da Mônica.
0

A Cruz de Fogo – parte 2: Uma história sobre lealdade.


Autor: Diana Gabaldon
Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Páginas: 592
Nota: 4/5
Não há mais como escapar: a guerra está diante de Jamie, Claire e sua família. Quando as tensões entre o governo e os rebeldes se acirram, a milícia é convocada mais uma vez e o conflito chega ao clímax na Batalha de Alamance.
De volta ao vilarejo onde moram, os Frasers e os MacKenzies ainda terão que enfrentar diversas tribulações, que acabarão aproximando Jamie e seu genro, Roger.

Em meio a várias revelações, o mais surpreendente é o retorno inesperado de um conhecido, que traz uma pista capaz de desvendar os mistérios que cercam os viajantes do tempo.

Essa segunda parte é uma grata surpresa para quem reclamou que a Cruz de Fogo era um livro lento e com poucos plots, agora voltamos a narrativa de sempre, com reviravoltas, sustos e segredos sendo desvendados, entre eles algumas revelações sobre antigos viajantes.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...