Resenha: Simplesmente o Paraíso - Quarteto Smythe-Smith #1 Resenha: Uma Lição de Vida Resenha: Era uma Vez no Outono Resenha: Secrets and Lies
1

A teoria do ódio por A culpa é das estrelas


Não, o que você lerá aqui não será uma resenha sobre a obra mais famosa de John Green, será mais uma crítica social do que falar em si da obra.

Li A Culpa é Das Estrelas antes de ficar mundialmente famosa, e o livro é ótimo. O jeito como o John escreve faz com que você não pare mais de ler até terminar por completo cada linha, cada letrinha pequena que preenche as folhas amareladas do famoso livro azul.

Mas, como eu comentei no primeiro parágrafo desse texto, não farei uma resenha sobre o livro, e sim sobre as pessoas.

0

"A terra das maravilhas, onde os bichos batem papo."



“Quase chego a desejar nunca ter entrado na toca do coelho e, no entanto... No entanto... É interessante, sabe? Esse tipo de vida.”
1

Um texto sobre idas, vindas e bagagens


As pessoas vêm e vão em nossas vidas. Algumas ficam por pouquíssimo tempo e fazem uma diferença enorme. Outras ficam por muito tempo, mas não fazem tanta falta quando se vão. Algumas a gente afasta, mesmo sem querer. Outras se afastam de nós por vontade própria. Algumas se despedem, enquanto outras… Saem de repente. Algumas só nos encaram por alguns instantes. Mas o que de fato temos que aceitar, é que as pessoas vêm e vão em nossas vidas. Sempre foi assim e sempre vai ser.  
0

Alice e Pedro

O despertador escandaloso do passageiro da frente ecoou em todo o ônibus. Já passava das três horas da madrugada e aquela noite não havia sido nada proveitosa para mim. Passei a noite em claro, o sono não veio nem quando contei carneirinhos, árvores, nuvens, sorvetes...


0

HQs para iniciantes #2: Super Heróis e a primeira ida às bancas


Semana passada eu dei início a uma série de posts a respeito de Histórias em Quadrinhos para aqueles que não conhecem muito a respeito, mas morrem de vontade de conhecer esse universo.

Para começar, eu falei a respeito das HQ’s literárias, em especial Persépolis,  que são uma boa pedida para quem ainda não quer desapegar do formato do livro e ir tomando confiança aos poucos nas histórias desenhadas. Dessa vez falarei daqueles que consolidaram de vez os quadrinhos no mercado: Os Super Heróis.
0

O Extraordinário e a ideia de ser mais gentil que o necessário


Autor: R.J Palacio 
Editora: Knopf 
Editora no Brasil: Intrínseca 
Ano: 2012 
Páginas: 320
Sinopse: August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade... Até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

“Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo." 

Sabe aquele tipo de livro que, ao concluí-lo, faz com que você sinta o impulso de mudar algo, ser diferente de alguma e qualquer forma? Ser melhor? Ser mais que o necessário? A história de um garoto de 10 anos viciado em Star Wars que vai à escola pela primeira vez faz parte dessa categoria de livros.
2

Alma: um curta-metragem sombrio sobre bonecos nada amigáveis


Dirigido por: Rodrigo Blass
Duração: 6 minutos
Ano: 2009
Sinopse: Na história, uma garotinha é atraída para uma loja de brinquedos por um boneco que se parece exatamente com ela, sem saber das maléficas intenções do lugar.

Em um dia nevoento, uma menininha resolve se aventurar na rua, pra quê? Já nos primeiros instantes do curta-metragem Alma o telespectador adentra em uma atmosfera e lugar sombrios. A curiosidade toma conta da protagonista ao ver uma boneca idêntica a ela em uma loja de brinquedos, determinada entra no local e mal sabe o que a espera. Como o vídeo é bem curto e não possui falas, torna-se um pouco complicado descrevê-lo e resenha-lo muito bem escondendo o clímax da história.

O enredo e a direção são muito bem executados. Alma possui uma história atraente, o final pode até ser esperado em determinado momento, mas é interessante.

0

O que me faz pular - o autismo nas palavras de um grande especialista



Autor: Naoki Higashida
Editora: エスコアール (Esco Earl)
Editora no Brasil: Intrínseca
Ano: 2007
Páginas: 192

Sinopse: Naoki Higashida sofre de autismo severo. Com grande dificuldade de se comunicar verbalmente, o jovem aprendeu a se expressar apontando as letras em uma cartela de papelão, e, aos treze anos, realizou um feito extraordinário: escreveu um livro. Delicado, poético e profundamente íntimo, O que me faz pular traz uma nova luz para entendermos a mente autista. O jovem explica o comportamento muitas vezes desconcertante das pessoas com autismo e compartilha conosco suas percepções de tempo, vida, beleza e natureza, apresentadas em um relato e um conto inesquecível.

Todos vocês já devem ter lido ou visto algo a respeito do autismo, que pode ser definido como um transtorno de desenvolvimento que afeta a capacidade de comunicação, socialização e comportamento. Alguns de vocês devem conhecer ou mesmo ter filhos que tem autismo, e já devem ter estranhado a maneira como eles agem em determinadas situações. Se você fica meio perdido em relação a esse assunto, ou até mesmo se você sabe o suficiente pra lidar com isso, você tem que ter O que me faz pular na sua estante.

1

A menina que roubava livros: uma história igual a nenhuma outra

Olá, euzinha (Adla) estou de volta com mais uma resenha gatíssima para vocês. O livro que escolhi para este post é A menina que roubava livros, que é bastante conhecido pelo mundo inteiro, e é o meu livro favorito.


Autor: Markus Zusak
Editora:  Knopf Books for Young Readers 
Editora no Brasil: Intrínseca
Ano: 2006
Páginas: 480
 Sinopse: Ao perceber que a pequena Liesel Meminger, uma ladra de livros, lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. A mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler. Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade. A vida ao redor é a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História.

2

HQs para iniciantes #1: Persépolis




Olá! Tomando por inspiração o post mais recente da Gabriela, sobre Filmes inspirados em Histórias em Quadrinhos, eu, Lara, resolvi compartilhar com vocês o início da minha trajetória acompanhando a nona arte e tentar despertar nem que seja uma pequena fagulha a respeito da mesma em você, caro leitor (a).

Antes de entrar em detalhes, eu sempre gostei muito de assistir cartoons de super heróis, e desde cedo acompanhei desenhos como Super Amigos (aquele dos super gêmeos ativar), X-Men, X-Men Evolution, Thundercats, O Espetacular Homem Aranha, Liga da Justiça e Liga da Justiça Sem Limites, mas tudo sem jamais me atentar ao fato de que a maioria desses personagens já fazia fama em outro veículo, nesse caso feito de tinta e papel.

0

Fazer o que gosta ou o que dá dinheiro: eis a questão!



Quando era pequena, nunca ouvi muito falatório sobre carreiras e futuro profissional. Depois que entrei na fase adolescente, passei a ouvir, aqui e ali, que eu deveria fazer algo que me desse dinheiro, que a profissão que eu escolhesse deveria ter um bom retorno financeiro, e foi com esse pensamento que eu cheguei à adolescência.

Eu nunca entendi bem essa necessidade de se ganhar rios de dinheiro trabalhando. Honestamente, eu acho que nunca entenderei. Então, leitor, você deve deduzir que eu sempre, sempre mesmo, me importei com fazer o que me dá gosto, certo? Erradíssimo (música triste ao fundo).
1

5 filmes baseados em histórias em quadrinhos




As histórias em quadrinhos, conhecidas também como HQs, surgiram no Brasil no século 19, mas no estilo de charges e cartuns, como existe até os dias de hoje nos jornais. 

Pensando nesse universo resolvi fazer uma lista de filmes baseados nas histórias em quadrinhos.
0

Um estranho no ninho: A lucidez por trás da loucura



Autor: Ken Kesey
Editora: Viking Press / Signet Books 
Editora no Brasil: Record / Best Bolso
Ano: 1962 
Páginas: 432
Sinopse: O livro relata a história de McMurphy, que é preso e, para fugir dos trabalhos da prisão, resolve fingir-se de louco. Enviado ao manicômio, McMurphy começa a viver uma triste e difícil realidade. A fim de quebrar a rotina e demonstrar seus pensamentos, ele desobedece às regras do manicômio e passa a ser considerado um líder protetor pelos outros pacientes. Mas, ao mesmo tempo, ganha a inimizade da enfermeira-chefe. O livro trata, entre outras questões, de relacionamentos, saúde mental, isolamento e atenção a pessoas com transtornos mentais.

Depois de finalizar a leitura do livro de Ken Kesey não há como não parar por um segundo e dedicar a si mesmo um momento de reflexão. Passada em um hospício, a trama de “Um estranho no Ninho” se divide entre suave e arrebatadora de corações.
0

O Quinze – Um livro para ser lido cru


Autor: Rachel de Queiroz
Editora: Círculo do Livro / José Olympio
Ano: 1930
Páginas: 157

Sinopse: Esta obra discorre sobre a grande seca de 1915, de que Rachel tanto ouviu falar. Ceição convence Mãe Nácia a partir. Vicente quer ficar, salvar o gado. Dona Maroca manda soltar o gado. Chico Bento vende as reses e parte com a família. Chegará à Amazônia? Não consegue as passagens e vai indo a pé. Um retirante em meio à seca. A fome e o cangaço. Este é um drama da terra. 


“Livro no fundo amargo, porque é o livro do amor irrealizado”.
1

Ônibus: de corriqueiro a formador de caráter





Li algumas matérias que falavam sobre como andar de ônibus nos torna pessoas melhores. Mas por quê? Como uma coisa tão corriqueira quanto usar o transporte coletivo pode alterar de alguma forma o caráter de alguém?

1

Copa pra quem?


Um assunto que está em alta, e que com certeza estará por muito tempo é a Copa do Mundo de 2014. Confesso que passei muito tempo desde o anúncio da copa neste País pra falar algo que fosse do meu completo ponto de vista, confesso que também ouvi vários lados sobre o assunto, porém, agora eu posso falar o que sinto em relação a isso.

Vamos ser francos: a Copa é inevitável. Não, não há ninguém que impedirá a realização da Copa aqui. Protestos, vídeos na internet, essa crônica, nada. O protesto é um ato muito bonito, mostra que nos importamos com o lugar em que estamos vivendo, eu sou a favor de protestos, desde que sejam maduros. Vídeos na internet mostram a realidade em que o Brasil vive, e também sou a favor deles, porque temos que mostrar para as pessoas de fora o que elas verão quando pisarem nestas terras. Essa crônica é apenas uma crônica, tive inspiração para fazê-la e espero que leiam (também sou a favor de crônicas).

0

Dos livros à TV

Eu estava em casa, assistindo ao box de uma das minhas séries favoritas Gossip Girl e me peguei pensando: essa série é inspirada em um livro... e quantas outras séries que eu assisto têm um livro por trás?? E eu me surpreendi com um número maior do que eu esperava, um total de 9 séries.
Eu sei que posts não faltam na internet sobre isso, por isso resolvi fazer uma lista de um jeito diferente: não vou fazer de todos, ou selecionar as mais famosas, vou listar as que euzinha (Adla) assisto.

Então vamos lá:

1º - Game of Thrones


É inspirada nos livros de George R. R. Martin, As Crônicas de Gelo e Fogo, e esses livros são realmente um desafio! Muitos desistem e resolvem ver apenas a série de TV, mas não se enganem: muitas coisas são bem diferentes dos livros.
A história se passa nos Sete Reinos de Westeros, e mostra as violentas lutas dinásticas entre as famílias nobres para ter o controle do Trono de Ferro. Enquanto isso, surgem ameaças nas regiões desconhecidas ao norte da Muralha e nos continentes ao leste.

0

Os motivos do Peter Pan


Estava sentado no banco da praça quando ouvi uma algazarra. Não era assalto, nem briga de casal... Eram crianças brincando.

Quando somos crianças tudo na vida tem um sentido diferente. Jogar bola é algo divertido, na qual dividimos a bola com um grupo de amigos e não nos importamos com os títulos que são tão importantes aos adultos: não tem violência e não queremos machucar o adversário só por ele pensar diferente, ou torcer diferente.

Não tínhamos que nos preocupar com o pensamento alheio, era simplesmente divertimento. Os gritos não significavam outra coisa a não ser um grito de vitória, ao pegarmos a bandeira do outro time.
4

Promoção: Viajando no Romance e Aventura

Nós do Rascunho com Café entramos em parceria com os blogs Fantastic Books e Livros e Cores e preparamos uma promoção super especial para vocês que se amarram num livro. É super fácil de participar, confiram só (e compartilhem!):


Prêmios:
1 Exemplar do Livro A Bibliotecária.
1 Exemplar do Livro Finale.
1 Bloco de Anotações de Cidade dos Ossos.
8 Marcadores de Páginas.

Regras:
* Seguir publicamente pelo GFC o Rascunho com Café.
* Seguir publicamente pelo GFC o Fantastic Books.
* Seguir publicamente pelo GFC o Livros e Cores.

* Residir em território nacional.

Observações:
* Os blogs terão 60 dias para envio dos prêmios após o retorno com endereço do ganhador(a).
* Os blogs não se responsabilizam por extravios dos correios.
* Após resultado o ganhador(a) terá 48h para retornar com seus dados.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...