Resenha: Simplesmente o Paraíso - Quarteto Smythe-Smith #1 Resenha: Uma Lição de Vida Resenha: Era uma Vez no Outono Resenha: Secrets and Lies
0

A Maldição do Tigre: romance, aventura e mitologia hindu

Após um tempão tempinho sem postar, euzinha (Adla) irei fazer a resenha de hoje, que é sobre o livro A Maldição do Tigre.



Autor: Colleen Houck
Editora: Sterling
Editora no Brasil: Arqueiro 
Ano: 2011
Páginas: 344
Sinopse: Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco. Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele. O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço. Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem.


 Confesso que não tinha muita vontade de ler esse livro, mesmo sem saber o que se tratava a história. Resolvi dar uma chance à série de Colleen Houck por causa de uma amiga minha, que gosta muito do livro e me emprestou. A história me cativou tanto, que li o livro inteiro num dia só já estou terminando o segundo e enchendo o saco dela para me emprestar o terceiro

Como sempre, não vou comentar sobre o enredo, porque tudo o que eu poderia contar já está na sinopse oficial do livro ali em cima, mas se você gosta de mitologia, esse livro é perfeito pra você. Apesar de focada na jornada de Kelsey para quebrar a maldição de Ren, a história mostra muito da cultura indiana, assim como lendas e mitos hindus. Esse é um ponto muito positivo no livro, pois é um universo que ainda não foi muito explorado, e que tem muito a oferecer, deixando o livro bem mais interessante.

Foto: Blog Não Sou Patricinha

O livro não é longo e nem cansativo, a escrita da autora é leve e de fácil entendimento, até mesmo nas partes com aquelas palavras complicadas em hindu. A história também se desenvolve muito bem, no tempo certo, porém, acho que o romance acabou ficando um pouco antecipado, como se a autora quisesse correr com o relacionamento deles para que no fim do livro eles estivessem no maior amorzinho. Fora isso, há um equilíbrio muito bom entre romance e aventura.

Considerações finais: a série é incrivelmente boa, prendeu minha atenção desde as primeiras linhas, e a autora soube explorar esse novo universo muito bem. A capa também é simplesmente maravilhosa. Quem quiser dar uma olhada num trechinho do livro, é só acessar este link, disponibilizado legalmente pela Editora Arqueiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...