Resenha: Simplesmente o Paraíso - Quarteto Smythe-Smith #1 Resenha: Uma Lição de Vida Resenha: Era uma Vez no Outono Resenha: Secrets and Lies
1

Boardwalk Empire - o grande império do contrabando chega ao fim


Criador : Terence Winter
Diretores: Martin Scorsese; Tim Van Patten
Gênero: Drama
Emissora: HBO
Emissora no Brasil: HBO
Número de temporadas: 5
Número de episódios: 55

Duração: 60 minutos (aproximadamente)

Sinopse: Durante o período da Lei Seca Americana, na década de 1920, o tesoureiro de Atlantic City, Enoch 'Nucky' Thompson (Steve Buscemi), mantém negócios com mafiosos e políticos da região. Ele logo entra no radar do Governo Federal, que investiga a corrupção e o dinheiro sujo que circula na cidade.

Enquanto buscava inspirações para escrever uma estória, em meio a estudos sobre determinados assuntos para obter informações, encontrei Boardwalk Empire. Fiquei com um grande receio de assistir no começo, e não me perguntem o motivo, pois não sei. Mas, quando eu decidi que iria acabar logo com a minha curiosidade de uma vez, eu tomei uma ótima decisão.

Sabe aquelas séries que você vê que já são boas o suficiente e que prometem nos próximos episódios apenas pelo pilot (também chamado de episódio piloto)? Então, essa série é assim. Percebemos que esforços não foram poupados para fazer uma grande produção, que chega a ser tão realista que nos sentimos dentro da série. Não demorou muito para que ela entrasse para a lista das minhas séries preferidas.

De fato, a série retrata algo que realmente aconteceu, em meio a Lei Seca que vigorou nos Estados Unidos na década de vinte. Em meio a essa história está Nucky Thompson, tesoureiro de Atlantic City, que comanda um grande esquema de contrabando ilegal de bebidas alcoólicas dentro da cidade. Ele conquista a confiança de todos, de homens e mulheres, de pobres e ricos, de honestos e desonestos. Mas não por muito tempo. Com o poder, vem os que querem tirar ele do pedestal.


A série poderia ter apenas um foco principal, mas, para a felicidade das pessoas que amam contextos históricos (incluindo eu) a série explora diferentes temas, como: o preconceito racial, a luta pelos direitos das mulheres ao voto, exploração sexual de crianças e adolescentes, prostituição, e por aí vai. Até a Ku Klux Klan aparece na série (esse é um spoiler bem leve, desculpem).


Com uma trilha sonora maravilhosa, cenários ricos em detalhes e um elenco de primeira, que conta com nomes como Steve Buscemi,Stephen Graham e Michael Pitt, a série não fala apenas dos norte americanos, mas também da máfia italiana em solo americano, citando grandes gângsters como Al Capone, Charles Luciano e Meyer Lansky.


Infelizmente, o episódio final da série será exibido amanhã pela HBO americana, um episódio que promete ser bem emocionante. Quem acompanha o trabalho de Martin Scorsese sabe que ele não economiza nesse quesito. Confesso que antes da série eu não conhecia tanto do seu trabalho, mas, quem não conhece ou ouviu falar de Taxi Driver?

Boardwalk Empire foi premiada com o Globo de Ouro por melhor série de drama, e recebeu o prêmio Screen Actors Guild pelo melhor elenco em série dramática, onde Steve Buscemi também ganhou o prêmio de melhor ator em série dramática.

Pra finalizar, deixo aqui a minha cena preferida (considero como a cena mais emocionante da série inteira) onde Al Capone (Stephen Graham) canta para o seu filho, que é surdo, e para saber que o pai está falando ou cantando pra ele, precisa colocar as mãos em seu pescoço para sentir a vibração das cordas vocais dele (outro spoiler, tá, já parei). Como dizem, o choro é livre.

video

Um comentário:

  1. Série fantástica. Sou fã apaixonado e digo que, sem dúvida alguma, vai deixar saudades.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...