Resenha: Simplesmente o Paraíso - Quarteto Smythe-Smith #1 Resenha: Uma Lição de Vida Resenha: Era uma Vez no Outono Resenha: Secrets and Lies
2

A menina que colecionava borboletas: como lidar com tantas no estômago?


Autor: Bruna Vieira 
Editora: Gutenberg
Ano: 2014
Páginas: 152 
Nota: 5/5

Sinopse: Terceiro livro da blogueira Bruna Vieira, “A Menina que Colecionava Borboletas” é um livro de contos e crônicas, publicado pela editora Gutenberg, onde a autora mostra que é possível superar qualquer coisa se você olhar para o lado bom e ter determinação para dar a volta por cima naquilo que lhe faz ou fez mal.

O que fazer quando você não veste mais 36 ou talvez nunca vestiu e tem que lidar com piadinhas? Ou se você veste 34 e seus shorts e calças sempre tem de ir pra costureira serem consertados e cheios de remendos? O que fazer quando a fantasia acaba e seu príncipe encantado vira um sapo? Essas e outras respostas são respondidas nas crônicas deste livro. Bruna tenta abordar todos os temas possíveis que são capaz de fazer garotas se trancarem no banheiro e comer chocolates e doces ou botá-los pra fora pondo o dedo no fundo da garganta.

3

O Livro das Princesas: a magia dos contos de fadas é a simplicidade


Autores: Meg Cabot, Paula Pimenta, Lauren Kate e Patrícia Barboza
Editora: Galera Record
Ano: 2013
Páginas: 288
Nota: 3,5/5

Sinopse: As mais populares autoras contemporâneas norte-americanas, Meg Cabot ("Diário Da Princesa" e "A Mediadora") e Lauren Kate ("Fallen"), se unem às brasileiras e igualmente bem-sucedidas Paula Pimenta ("Fazendo Meu Filme") e Patricia Barboza ("As Mais") em uma coletânea que reinventa contos de fadas clássicos.
Releituras de grandes clássicos geralmente são vistos com grande receio por boa parte dos leitores. Em O Livro das Princesas, a proposta é ousada: trazer os contos de fadas para os dias atuais, com uma pegada mais jovial. Iniciando os trabalhos, Meg Cabot é responsável pela releitura da princesa Belle (A Bela e a Fera), em A Bela e o MonstroA protagonista é uma modelo super badalada, odeia a profissão e mais ainda ser julgada pela aparência. Então é modelo por quê? Seu pai não tinha condições de pagar o tratamento médico da esposa com câncer e Belle decidiu ajudar como pôde.
2

A Morte de Ivan Ilitch – Na hora da morte, todos os segredos são revelados?


Autor: Leon Tostói
Editora: Editora 34
Ano: 2003 (Original de 1886)
Páginas: 102
Nota: 5/5


 
Sinopse: A história de um burocrata medíocre, Ivan Ilitch, um juiz respeitado que depois de conseguir uma oferta para ser juiz em uma outra cidade, compra um apartamento lá, para ele, sua mulher, sua filha e seu filho morarem. Ao ir para o apartamento, antes de todos, para decorá-lo, ele cai e se machuca na região do rim, dando início à uma doença grave.
 
Esse livro engana, quem vê o tamanho diminuto pode pensar que trata de uma obra superficial, talvez um romance água com açúcar bobo. Mas é só impressão, nas palavras de um dos maiores críticos literários do Brasil, Otto Maria Carpeaux: "A Morte de Ivan Ilitch é uma das obras mais comoventes e mais pungentes da literatura universal, talvez a obra-prima de Tolstói"
4

Norte e Sul: O livro e a minisérie

Autor: Elizabeth Gaskell
Editora: Landmark
Páginas: 544 (edição Bilíngue)
Nota: 5/5
Margaret Hale é uma mulher forte, filha de um ministro religioso, que se muda para a cidade de Milton, no norte da Inglaterra. Margaret vê o sul, lugar onde nasceu como símbolo do idílio rural, o triunfo da harmonia social e do decoro. Imagem que se contrapõe com o norte e seu ambiente sujo, rude e violento. Ela se depara com a difícil realidade da população local, encontra novas amizades e o surgimento de uma crescente atração por John Thornton, dono de uma fábrica têxtil.
Se você deseja um romance histórico, que possa suspirar por amor, eu indico a adaptação em forma de minissérie Norte Sul produzida pela BBC. Porém, se você deseja um romance social, um retrato histórico da revolução industrial inglesa, o livro Norte e Sul é a escolha perfeita, e sim, também possui uma pitada de paixão. 
2

O Fim da Eternidade: Ficção que pega pelo pescoço


Autor: Isaac Asimov 
Editora: Aleph
Ano: 2007 (Original de 1955)
Páginas: 255 
Nota: 4,8/5
Sinopse: Andrew Harlan é um Eterno: membro de uma organização que monitora e controla o Tempo. Um Técnico que lida diariamente com o destino de bilhões de pessoas no mundo inteiro: sua função é iniciar Mudanças de Realidade, ou seja, alterar o curso da História. Condicionado por um treinamento rigoroso e por uma rígida autodisciplina, Harlan aprendeu a deixar as emoções de lado na hora de fazer seu trabalho. Tudo vai bem até o dia em que ele conhece a atraente Noÿs Lambent, uma mulher que abala suas estruturas e faz com que passe a rever seus conceitos, em nome de algo tão antigo quanto o próprio tempo: o amor. Agora ele terá de arriscar tudo - não apenas seu emprego, mas sua vida, a de Noÿs e até mesmo o curso da História. Da extensa obra de Isaac Asimov, "O Fim da Eternidade" (publicado originalmente em 1955), junto com a série "Fundação e The Gods Themselves", está entre os melhores livros escritos pelo autor, e é considerada uma das mais bem-sucedidas histórias de viagem no tempo.
Quando eu fiz a minha mini bio para o Rascunho com Café coloquei entre minhas preferências uma "ficção que pega pelo pescoço" (está ali embaixo, pode conferir). Independente do gênero literário, meu tipo favorito de livro é definitivamente aquele que me faz perder o sono por ele. Não é sempre que um livro tem esse poder sobre mim, mas este, felizmente, foi o caso de O Fim da Eternidade, que deve me atormentar até o fim dos meus dias.

2

Goodnight Mommy: nem tudo é o que parece


Direção: Severin Fiala, Veronika Franz
Roteiro: Severin Fiala, Veronika Franz
Duração: 1 hora e 40 minutos
Ano: 2014
Gênero: Drama/Terror
Classificação: 18 anos
Nota: 4,5/5
Sinopse: Numa casa isolada, em algum lugar da Áustria, os gêmeos Elias (Elias Schwarz) e Lukas (Lukas Schwarz), de nove anos, esperam a mãe (Susanne Wuest) retornar ao lar, após passar por uma cirurgia plástica. Porém, ela volta diferente: omissa e agressiva. Com o rosto enfaixado, devido ao procedimento cirúrgico, a mulher começa a alimentar a dúvida dos garotos se, de fato, é sua mãe mesmo quem está ali.

2

Peter Pan tem que morrer: Detalhes podem sem cruciais


Autor: John Verdon
Editora: Arqueiro
Ano: 2015
Páginas: 400
Nota: 4,5/5
Sinopse: No mais tortuoso romance policial escrito por John Verdon, o especialista em mistérios David Gurney dedica sua mente brilhante à análise de um assassinato terrível que não pode ter sido cometido da forma como os investigadores responsáveis pelo caso afirmam que foi. Detetive aposentado do Departamento de Polícia de Nova York, ele precisa cumprir uma espinhosa tarefa: determinar a culpa ou a inocência de uma mulher condenada pela morte do próprio marido. Ao descascar as diversas camadas do caso, Dave logo se vê travando uma perigosa guerra de inteligência contra um investigador corrupto, um cordial e desconcertante chefe da máfia, uma jovem linda e sedutora e um assassino bizarro que tem a altura e os traços de uma criança – aparência que lhe rendeu o apelido de Peter Pan. A uma velocidade assombrosa, reviravoltas assustadoras começam a ocorrer e Dave é sugado com força cada vez maior para dentro de um dos casos mais sombrios de sua carreira.
Crimes aparentemente sem solução, assassinatos bizarros e detetives excêntricos fazem do romance policial um gênero literário muito atrativo. Não há nada melhor para agitar um pouco a mente. Ao ler Peter Pan Tem Que Morrer, não consegui ficar tranquila até o caso ser desvendado totalmente lá nos últimos capítulos.
2

O Nome da Rosa – O Lado Sombrio da Igreja


Título Original: Le Nom de la Rose
Direção: Jean-Jacques Annaud
Roteiro:  Jean-Jacques Annaud e Howard Franklin
Duração: 2h11min
Ano: 1986
Gênero: Aventura, Drama, Suspense
Nota: 5/5

Sinopse: Em 1327 William de Baskerville (Sean Connery), um monge franciscano, e Adso von Melk (Christian Slater), um noviço, chegam a um remoto mosteiro no norte da Itália. William de Baskerville pretende participar de um conclave para decidir se a Igreja deve doar parte de suas riquezas, mas a atenção é desviada por vários assassinatos que acontecem no mosteiro. William de Baskerville começa a investigar o caso, que se mostra bastante intrincando, além dos mais religiosos acreditarem que é obra do Demônio. William de Baskerville não partilha desta opinião, mas antes que ele conclua as investigações Bernardo Gui (F. Murray Abraham), o Grão-Inquisidor, chega no local e está pronto para torturar qualquer suspeito de heresia que tenha cometido assassinatos em nome do Diabo. Como não gosta de Baskerville, ele é inclinado a colocá-lo no topo da lista dos que são diabolicamente influenciados. Esta batalha, junto com uma guerra ideológica entre franciscanos e dominicanos, é travada enquanto o motivo dos assassinatos é lentamente solucionado.
Em nome da fé, muitas coisas tenebrosas já foram (e ainda são) feitas. Geralmente, as pessoas que fazem o mal em nome de Deus, são as mais temíveis, porque não há possibilidade de persuadi-las, tudo em nome do Senhor é válido. Esse filme dá uma boa amostra disso.
2

A Revolta de Atlas: Uma defesa da ética

Autor: Ayn Rand
Editora: Arqueiro
Ano: 2012
Páginas: 1232 (volume único)
Nota: 5/5
Sinopse: Na mitologia grega, o titã Atlas recebe de Zeus o castigo eterno de carregar nos ombros o peso dos céus. Neste romance de Ayn Rand, os pensadores, os inovadores e os indivíduos criativos suportam o peso de um mundo decadente enquanto são explorados por parasitas que não reconhecem o valor do trabalho e da produtividade e que se valem da corrupção, da mediocridade e da burocracia para impedir o progresso individual e da sociedade. Mas até quando eles vão aguentar?
A Revolta de Atlas uma série formada por três volumes, da autora e filósofa Ayn Rand, é considerado um dos livros mais influentes nos EUA após a Bíblia. Ayn, que fugiu da Rússia para os EUA quando as farmácias de seus pais foram estatizadas pelo governo, sofreu na pele todo drama da distopia criada e potencializada em sua obra. 

1

Segredos de Uma Noite de Verão: romance onde a amizade se sobressai


Autor: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Ano: 2015
Páginas: 288
Nota: 4.8/5
Sinopse: Apesar de sua beleza e de seus modos encantadores, Annabelle Peyton nunca foi tirada para dançar nos eventos da sociedade londrina. Como qualquer moça de sua idade, ela mantém as esperanças de encontrar alguém, mas, sem um dote para oferecer e vendo a família em situação difícil, amor é um luxo ao qual não pode se dar.
Certa noite, em um dos bailes da temporada, conhece outras três moças também cansadas de ver o tempo passar sem ninguém para dividir sua vida. Juntas, as quatro dão início a um plano: usar todo o seu charme e sua astúcia feminina para encontrar um marido para cada, começando por Annabelle.
No entanto, o admirador mais intrigante e persistente de Annabelle, o rico e poderoso Simon Hunt, não parece ter interesse em levá-la ao altar – apenas a prazeres irresistíveis em seu quarto. A jovem está decidida a rejeitar essa proposta, só que é cada vez mais difícil resistir à sedução do rapaz. 
As amigas se esforçam para encontrar um pretendente mais apropriado para ela. Mas a tarefa se complica depois que, numa noite de verão, Annabelle se entrega aos beijos tentadores de Simon... e descobre que o amor é um jogo perigoso.
No primeiro livro da série As Quatro Estações do Amor, Annabelle sai em busca de um marido, mas encontra amizades verdadeiras e desejos intensos que ela jamais poderia imaginar.
Muitos dizem que não se deve julgar um livro pela capa, mas eu admito: esse é o meu primeiro critério na hora de ler. Não que isso seja um indicador da qualidade do livro, a questão é chamar a atenção do leitor. A primeira coisa que chama a minha atenção é a capa, só então eu leio a sinopse; se ela não chamar minha atenção, eu nem sequer pego o livro. Muitos livros me conquistam de vez pela capa, quando isso acontece já sei que vou comprar sem nem precisar ler a sinopse, como no caso de Segredos de Uma Noite de Verão. 


4

Plutão: amizades podem ser difíceis


Autor: R.J. Palacio
Editora: Intrínseca
Ano: 2015
Páginas: 90
Nota: 5/5
Sinopse: Em Plutão, R. J. Palacio traz a história de Christopher, o melhor amigo de infância de August Pullman, um garoto de feições incomuns que encantou leitores do mundo inteiro no romance Extraordinário. Exclusivo em e-book, o livro alterna entre o presente e flashbacks de quando os dois meninos eram vizinhos. Plutão acompanha Chris ao longo de um dia especialmente complicado. Os pais estão se divorciando e ele está com dificuldades na escola, mas mesmo afastado do velho amigo, é relembrando alguns desafios e aprendizados que teve ao lado de Auggie que Chris encontra algum conforto. Uma linda história sobre o valor da amizade na vida das crianças, uma vivência intensa e marcante.

Amizade requer muita paciência, respeito, carinho e dedicação dos dois lados. Mas e se você é amigo de um garotinho com uma doença rara, fitado com receio por tudo mundo, essa sentença também vale? Com certeza! Em Plutão, percebemos o quanto isso é verdade e que não podemos desistir de um amigo querido por motivos bobos.
3

O Mundo de Sofia – A fascinante história da Filosofia



Autor: Jostein Gaarder
Editora: Companhia das Letras
Ano: 1991
Páginas: 560
Nota: 5/5


Sinopse: Às vésperas de seu aniversário de quinze anos, Sofia Amundsen começa a receber bilhetes e cartões postais bastante estranhos. Os bilhetes são anônimos e perguntam a Sofia quem é ela e de onde vem o mundo em que vivemos. Os postais foram mandados do Líbano, por um major desconhecido, para alguém chamada Hilde Knag, jovem que Sofia igualmente desconhece.
O mistério dos bilhetes e dos postais é o ponto de partida deste fascinante romance, que vem conquistando milhões de leitores em todos os países em que foi lançado. De capítulo em capítulo, de "lição" em "lição", o leitor é convidado a trilhar toda a história da filosofia ocidental - dos pré-socráticos aos pós-modernos -, ao mesmo tempo em que se vê envolvido por um intrigante thriller que toma um rumo surpreendente.

Uma década antes do sucesso da franquia Matrix estrear, esse livro já questionava filosoficamente o que é a realidade e nossa percepção acerca dela. É uma aula de Filosofia, desde os clássicos gregos até a contemporaneidade, mas escrita de uma forma inusitada, como um romance para adolescentes, perfeito para um leigo entender o pensamento filosófico.

1

Amor de Capitu – O outro lado da história


Autor: Fernando Sabino 
Editora: Ática 
Ano: 2005 
Páginas: 296 
Nota: 4/5 
Sinopse: A história da narrativa de “Amor de Capitu” se passa no Rio de Janeiro, na segunda metade do século XIX. Tudo começa na casa da Rua de Mata-Cavalos, no ano de 1857. Bento Santiago e Capitolina desde pequenos sempre foram muito amigos. Porém, quando adolescentes esse sentimento de afeto se torna maior. Com 14 anos, Bentinho, como é chamado o personagem Bento, é mandado, mesmo contra sua vontade, para o seminário devido a uma promessa que sua mãe fez quando ele nascera. 
Dom Casmurro é um dos mais lidos e respeitados livros nacionais, um dos problemas desse romance é a eterna dúvida do protagonista Bentinho, sua esposa Capitu o traía com seu melhor amigo Escobar? Muito já foi discutido sobre essa questão, e nesse romance Fernando Sabino conseguiu fazer algo genial, contar a história tirando o foco narrativo de Bento e tirando suas conclusões. 
8

Black Para Sempre: o amor supera (quase) tudo



Autor: Sandi Lynn
Editora: Valentina
Ano: 2015
Páginas: 256
Nota: 4/5
Sinopse: O primeiro livro gira em torno de Ellery, que sempre imaginou que seu futuro estaria ao lado de seu namorado perfeito e seus felizes para sempre estava garantido. Entretanto, quando ele faz suas malas e pede espaço, ela vê seu mundo ruir e decide focar somente em suas pinturas e desistir de relacionamentos, até que em uma noite ajuda um homem completamente bêbado a chegar a sua casa em segurança. Um homem que logo estará disposto a brigar por um futuro ao lado de Ellery e apoiá-la quando seu mundo estilhaçar novamente.
O primeiro livro da trilogia Forever, publicado pela editora Valentina, está recebendo muitas críticas positivas e, inclusive, está sendo comparado com o famoso e polêmico Cinquenta Tons de Cinza. Será que as informações conferem? Ainda não tive contato com o livro de E.L. James (ou assisti ao filme), mas conheço partes do enredo. Eis as semelhanças visíveis entre as duas obras: 
4

As Boas Mulheres da China: Um retrato de um país


Autora: Xue Xinran
Editora: Companhia das Letras
Ano: 2003
Páginas: 288
Nota: 5/5


Sinopse: A jornalista Xinran coletou inúmeros relatos sobre a vida da mulher chinesa contemporânea durante os oito anos em que comando o programa de rádio "Palavras na brisa noturna", entre 1989 e 1997. Mostra a história de mulheres onde predomina a memória da humilhação e do abandono: casamentos forçados, estupros, desilusões amorosas, miséria e preconceito.


Conhecer um país não é apenas conhecer suas paisagens, acidentes geográficos ou cidades. Os países são feitos de pessoas, então a melhor maneira de realmente conhecer uma nação é estudando como seu povo vive, no que ele acredita, quais são seus medos e sonhos; enfim, entender sua cultura. Por este motivo, esse livro é muito mais que uma simples coleção de relatos que a autora juntou em décadas trabalhando como repórter radialista; é um retrato gritante da China moderna.




7

A Garota no Trem: As aparências enganam

Autora: Paula Hawkins
Editora: Record
Ano: 2015
Páginas: 378
Nota: 5/5
Sinopse:Todas as manhãs Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas d’água, pontes e aconchegantes casas. Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes – a quem chama de Jess e Janson –, Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess – na verdade Megan – está desaparecida. Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos.
Estava ansiosa para ler o novo lançamento da Record, pois foi recomendado por dois autores de peso: Tess Gerritsen da série Rizzoli & Isles e S.J. Watson, autor do best-seller Antes de Dormir; e comparada pela mídia especializada com Garota Exemplar de Gillian Flynn, portanto a expectativa não poderia ser maior para mim.
1

[LANÇAMENTOS] Editora Arqueiro, Sextante e Saída de Emergência

Confiram os lançamentos da Editora Arqueiro e dos respectivos selos Saída de Emergência Brasil, Sextante para o mês de Julho. Tem romance de época, fantasia, thriller e vários outros livros imperdíveis! 

O Despertar do Príncipe - Colleen Houck (11/08)
Liliana Young tem uma vida aparentemente invejável. Ela mora em um luxuoso hotel de Nova York com os pais ricos e bem-sucedidos, recebe uma generosa mesada e tem liberdade para explorar a cidade. Um dia, na seção egípcia do Metropolitan Museum of Art, Lily está pensando numa maneira de convencer os pais a deixá-la escolher a própria carreira, quando uma figura espantosa cruza o seu caminho: uma múmia — na verdade, um príncipe egípcio com poderes divinos que acaba de despertar de um sono de mil anos. A partir daí, a vida solitária e super-regrada de Lily sofre uma reviravolta. Uma força irresistível a leva a seguir o príncipe Amon até o lendário Vale dos Reis, no Egito, para salvar a humanidade do maligno deus Seth.
O Conde Enfeitiçado (Os Bridgertons #6) - Julia Quinn (05/08)
Depois de anos colecionando conquistas amorosas sem nunca entregar seu coração, o libertino mais famoso de Londres, Michael Stirling, enfim se apaixonou. Infelizmente, conheceu a mulher de seus sonhos no jantar de ensaio do casamento dela. Em 36 horas, Francesca Bridgerton se tornaria esposa do primo dele. Quatro anos depois, Francesca está livre, embora só pense em Michael como amigo e confidente. E ele não ousa falar com ela sobre seus sentimentos – a culpa por amar a viúva de John, praticamente um irmão para ele, não permite.Em um encontro inesperado, porém, Francesca começa a ver Michael de outro modo. Quando ela cai nos braços dele, a paixão e o desejo provam ser mais fortes do que a culpa. No sexto livro da série Os Bridgertons, Julia Quinn mostra, em sua já consagrada escrita cheia de delicadezas, que a vida sempre nos reserva um final feliz. Basta que estejamos atentos para enxergá-lo.
A Voz do Arqueiro (Signos do Amor #1) - Mia Sheridan (05/08)
Bree Prescott quer deixar para trás seu passado de sofrimentos e precisa de um lugar para recomeçar. Quando chega à pequena Pelion, no estado do Maine, ela se encanta pela cidade e decide ficar.Logo seu caminho se cruza com o de Archer Hale, um rapaz mudo, de olhos profundos e músculos bem definidos, que se esconde atrás de uma aparência selvagem e parece invisível para todos do lugar. Intrigada pelo jovem, Bree se empenha em romper seu mundo de silêncio para descobrir quem ele é e que mistérios esconde. Alternando o ponto de vista dos dois personagens, Mia Sheridan fala de um amor que incendeia e transforma vidas. De um lado, a história de uma mulher presa à lembrança de uma noite terrível. Do outro, a trajetória de um homem que convive silenciosamente com uma ferida profunda. Archer pode ser a chave para a libertação de Bree e ela, a mulher que o ajudará a encontrar a própria voz. Juntos, os dois lutam para esquecer as marcas da violência e compreender muito mais do que as palavras poderiam expressar.

0

O Sonho do Intercâmbio: Lisboa e a volta para o Brasil

Olá pessoal! Este é o último post do meu diário de intercâmbio, já escrevo este texto em terras tupiniquins.

Antes de voltar pro Brasil, passei duas semanas em Lisboa. Duas semanas muito agitadas onde não conheci apenas Lisboa, mas também Sintra, uma "vila" considerada patrimônio mundial da Unesco.
2

Sobrenatural: o que há de mais assustador pode não estar em algo, e sim, em alguém


Não, eu não falarei da série Sobrenatural, aquela dos irmãos Winchester. Falarei de uma das únicas franquias de filmes de terror que me fizeram comprar ingressos para assistir no dia da estreia e passar aulas elaborando raciocínios para encaixar as estórias deles. Sobrenatural, ou Insidious (título original) possui cenas marcantes na minha relação com filmes de terror e suspense, e, aproveitando a estreia de "Sobrenatural: a Origem" falarei sobre os três filmes que mostram que o que você mais teme pode estar onde você menos imagina.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...