Resenha: Simplesmente o Paraíso - Quarteto Smythe-Smith #1 Resenha: Uma Lição de Vida Resenha: Era uma Vez no Outono Resenha: Secrets and Lies
2

O Doador de Memórias – Vale a pena viver sem sofrimentos?



Título Original: The Giver
Direção: Phillip Noyce
Roteiro: Robert B. Weide
Ano: 2014
Duração: 1h37min
Nota: 4/5

Sinopse: Uma pequena comunidade vive em um mundo aparentemente ideal, sem doenças nem guerras, mas também sem sentimentos. Uma pessoa é encarregada a armazenar as memórias de todos, de forma a poupar os demais habitantes do sofrimento e também guiá-los com sua sabedoria. De tempos em tempos esta tarefa muda de mãos e agora cabe ao jovem Jonas (Brenton Thwaites), que precisa passar por um duro treinamento para provar que é digno da responsabilidade.

Uma vida sem sofrimentos, sem conflitos e sem memórias seria boa? E se o preço disso fosse sua liberdade de escolhas e capacidade de sentir emoções? Este filme debate sobre esses questionamentos de forma lúcida e coerente, com questões que vão além do âmbito político comum em distopias.
1

O Rouxinol – Sobre escolhas e suas consequências


Autor: Kristin Hannah
Ano: 2015
Páginas: 428
Editora: Arqueiro

Nota: 4,5/5

Sinopse: Neste épico passado na França da Segunda Guerra, duas irmãs se afastam por discordarem sobre a ameaça de ocupação nazista. Com temperamentos e princípios divergentes, cada uma delas precisa encontrar o próprio caminho e enfrentar questões morais e escolhas de vida ou morte.


A vida é feita de escolhas e essas nem sempre são fáceis, e em períodos críticos como uma guerra, além de difíceis as consequências são mais severas. Neste grandioso romance somos apresentados à duas irmãs e como suas escolhas influenciaram a si mesmas e sua família.

2

O Caso dos Dez Negrinhos- Apenas uma palavra: Brilhante!

Autor: Agatha Christie
Ano: 1988
Páginas: 218
Nota: 5/5
Sinopse: Dez pessoas são convidadas pelo misterioso U.N. Owen para passar alguns dias numa ilha perto de uma aldeia pouco movimentada, onde uma trova infantil é a pista para misteriosos assassinatos.
Dando sequencia à Maratona Agatha Christie, chegou a vez do livro mais esperado escrito pela autora, isso porque de 10 fãs da série, 9 consideram a sua melhor obra.

Quem será a próxima vítima? Quem é o assassino? São perguntas que permeiam o leitor durante TODA a leitura.
3

Filmes sobre Família para Assistir com a Família



Final do ano chegando, é hora de reunir a família para celebrar as datas festivas. Uma ótima oportunidade para fazer coisas legais junto com quem se ama, como assistir um bom filme. Por isso, criei uma lista de filmes indispensáveis (em ordem cronológica sem nenhuma hierarquia ou comparação entre eles) sobre essa instituição tão gostosa e problemática, na qual temos nossa primeira relação social: a família.
2

Da madrugada insone aos fracassos

Foto: Divulgação/Warp Films/Weinstein Company: Cena do filme 'Submarine'
Não consigo dormir. Olho para o relógio na cabeceira da cama: 02h37 da madrugada. Maravilha. Aparentemente, meu organismo sentiu que seria ótimo impedir meu sono, mesmo sabendo que o dia seguinte seria outro de atividade intensa, infeliz. Talvez não queira me deixar dormir por pirraça. 
3

Anjos do Sol – Precisamos falar da exploração sexual infantil




Direção e Roteiro: Rudi Lagemann
Ano: 2006
Duração: 92 min.
Gênero: Drama
País: Brasil
Nota: 4/5

Sinopse: Maria (Fernanda Carvalho) é uma jovem de 12 anos, que mora no interior do nordeste brasileiro. No verão de 2002 ela é vendida por sua família a um recrutador de prostitutas. Após ser comprada em um leilão de meninas virgens, Maria é enviada a um prostíbulo localizado perto de um garimpo, na floresta amazônica. Após meses sofrendo abusos, ela consegue fugir e passa a cruzar o Brasil através de viagens de caminhão. Mas, ao chegar no Rio de Janeiro, a prostituição volta a cruzar seu caminho.



Quando se fala de venda de tráfico humano, imagina-se mulheres de países árabes ou africanos que são raptadas ou enganadas e que vão parar em algum país europeu onde serão presas por dívidas e obrigadas a se prostituírem. Como esse filme nacional denuncia, essa é apenas uma modalidade de tráfico e exploração sexual, isso acontece bem debaixo de nossos narizes e com muito mais crueldade. 
1

Desenho Mundo - “Silêncio faz um barulho insuportável”




Autor: Gustavo Bernado
Editora: Atual
Ano: 2002
Páginas: 88
Nota: 4/5

Sinopse: Um crime chocante coloca em contato dois personagens que parecem viver em mundos diferentes. Nina não falava. Entretanto,tinha uma assombrosa percepção das coisas, que expressava em desenhos. O tenente encarregado de investigar o caso escreve poemas que não mostram a ninguém e, diante da violência com quem convive em seu cotidiano profissional, se vê as voltas com mistérios da alma humana para os pais não há palavras que o expliquem. Entre ambos cria-se um dialogo surpreendente,que nos sugere que podemos descobrir novas maneiras de compreender o mundo… E principalmente, de lidar com o que não conseguimos compreender


Geralmente quando uma pessoa não consegue falar é porque está gritando por dentro, pedindo ajuda de seu modo. Mas, quando uma pessoa aparentemente normal, sem traumas e nenhum problema físico não fala, o que será que ela quer dizer?

3

Gêneros literários #2: Terror e horror



O segundo post do especial sobre gêneros literários traz dois gêneros muito confundidos por serem praticamente iguais. Até o Wikipédia classifica ambos como uma categoria só, mas o terror e o horror são separados por uma linha bem tênue. Mas o que diferencia cada um? 
1

Malícias e Delícias: Comédia para mais de 16 anos


Autor: Tara Sivec
Editora: Valentina
Ano: 2015
Páginas: 304
Nota: 4/5
Sinopse: Claire é uma espirituosa jovem de vinte e poucos anos que trabalha num bar (não era esse o plano, mas...) e, muito a contragosto, resolveu ajudar a melhor amiga (uma expert em malícias) a vender brinquedos eróticos bem safadinhos. Na verdade, seu sonho é viver de delícias, ou melhor, abrir uma confeitaria dedicada exclusivamente a doces, cookies e bolos feitos com muuuito chocolate. Quando Carter, um rapaz que conheceu numa festa de faculdade e com quem passou uma única noite (o suficiente para mudar sua vida para sempre!), reaparece na cidade sem demonstrar reconhecê-la, a não ser pelo profundo aroma de chocolate que Claire exala no ar, ela se mostra determinada – aaaai que loucura! – a fazê-lo nunca mais se esquecer dela. Só que existe uma terceira pessoa na relação (divertidíssimo, porém desbocado e inconveniente). Alguém que Carter desconhece e que, das duas uma: ou o obrigará a comprar uma passagem só de ida para o Polo Norte ou o fará o homem mais feliz do mundo!!!
Uma comédia romântica apimentada, é assim que posso descrever Malícias e Delícias, primeiro livro da trilogia de Tara Sivec.
6

Polêmica: A música brasileira está morrendo, é mesmo!?




Estamos na era das músicas sem conteúdo, com um refrão chiclete cheio de onomatopeias e duplo sentidos, tipo LEPO LEPO. A boa MPB e o rock nacional estão falecendo nos dias de hoje. Será mesmo?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...