Resenha: Simplesmente o Paraíso - Quarteto Smythe-Smith #1 Resenha: Uma Lição de Vida Resenha: Era uma Vez no Outono Resenha: Secrets and Lies
3

Obsidiana: A irresistível atração entre uma humana e um Alien.


Autor: Jennifer L. Armentrout
Editora: Valentina
Ano: 2015
Páginas: 320
Nota: 4/5
Sinopse: Começar de novo é uma porcaria. Quando nos mudamos para West Virginia antes do último ano de curso, eu tinha me resignado ao sotaque engraçado, ter conexão de internet ruim e me cansar da vida monótona como uma ostra... Até que eu vi meu vizinho sexy, tão alto e com esses impressionantes olhos verdes. As coisas pareciam estar melhorando. E então ele abriu a boca. Daemon é insuportável e arrogante. Nós não nos damos bem. Nada, nada bem mesmo. Mas quando um estranho me atacou e Daemon congelou o tempo, literalmente, com um movimento de sua mão... Bem, algo aconteceu... Inesperado. O sexy alienígena que vive do outro lado da rua. Sim, você ouviu direito. Alien. Acontece que Daemon e sua irmã têm uma galáxia cheia de inimigos que querem roubar suas habilidades, e o toque de Daemon fez com que eu parecesse um daqueles sinais luminosos em Las Vegas. A única maneira de sair dessa viva é ficar colada a Daemon até que minha "luz" extraterrestre se apague. Isso se eu não matar a Daemon antes, claro.
Sabe aquelas pessoas que ficaram órfãs da saga crepúsculo? Agora elas tem uma saga tão apaixonante quanto. Não que o livro seja uma cópia, ele não é. Mas tem tanto em comum com a intensidade de um romance não convencional que os seus fãs facilmente se identificam com a leitura.

1

Deadpool – Uma boa história cercada de muitas piadas



Direção: Tim Miller
Roteiro: Rhett Reese e Paul Wernick
Ano: 2016
Duração: 1h36 min.
Gênero: Ação, aventura, comédia
Nota: 4/5


Wade Wilson começou como um vilão, mas o personagem fez tanto sucesso que ganhou um arco próprio e status de anti-herói, é um dos personagens mais carismático da Marvel, apesar de ser um mercenário que não mede suas ações (e muito menos as palavras) e tem orgulho de afirmar que não é herói. Esse personagem pouco ortodoxo ganhou seu primeiro filme e já chegou abalando.
0

Confissões de Inverno: o lado obscuro por trás da Igreja Católica


Autor: Brendan Kiely
Editora: Arqueiro
Ano: 2015
Páginas: 224
Nota: 4/5
Sinopse: À medida que sua família se desintegra, Aidan Donovan, um adolescente de 16 anos, procura consolo em estimulantes químicos, no estoque de bebidas do pai e nas atenções do padre Greg, o único adulto que realmente o escuta. O Natal chega e seu mundo entra em colapso quando ele reconhece o lado obscuro do afeto que o padre Greg lhe dedica. Enquanto tenta dar sentido à própria vida, Aidan conta com o apoio de um grupo de amigos desajustados: Josie, a garota por quem se apaixona; a rebelde e espontânea Sophie; e Mark, o carismático capitão da equipe de natação. Confissões de inverno mostra as formas pelas quais o amor pode ser usado como uma arma contra a inocência – mas também pode, nas mãos certas, restaurar a esperança e até a fé. O corajoso romance de estreia de Brendan Kiely expõe o mal que os segredos mais profundos que guardamos podem causar e prova que a verdade liberta e abre caminho para o amor.

Antes de iniciar o post de fato queria pedir um milhão de desculpas por demorar tanto a postar essa resenha, uma vez que o livro foi lançado ainda no segundo semestre de 2015! Minhas leituras estão totalmente atrasadas, mas persisti na leitura e consegui finalizar Confissões de Inverno com uma dorzinha no coração.

Mistérios e polêmicas envolvendo a Igreja Católica costumam ser divulgados e comentados com bastante ênfase pela mídia, população e fiéis há décadas. O caso mais recente (e um dos mais curiosos) expôs a relação entre o papa João Paulo II com uma mulher casada, o que gerou uma série de comentários maldosos e outros mais contidos o defendendo. Um fato nada anormal se comparado aos escândalos de pedofilia praticados em grande maioria pelos padres.
7

O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares


Autor: Ransom Riggs
Editora: Leya
Ano: 2012
Páginas: 336
Nota: 4/5
Sinopse: Tudo está à espera para ser descoberto em O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares, um romance inesquecível que mistura ficção e fotografia em uma experiência de leitura emocionante. Nossa história começa com uma horrível tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo, por mais impossível que pareça, ainda podem estar vivas. Uma fantasia arrepiante, ilustrada com assombrosas fotografias de época, O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares vai deliciar adultos, adolescentes e qualquer um que goste de aventuras sombrias.
Ransom Riggs, o autor do livro, possui um hábito digamos “peculiar”, ele gosta de visitar brechós e lojas de antiguidades e adquirir retratos antigos de pessoas incógnitas.

As histórias daquelas fotografias de desconhecidos deixaram a mente do autor vagar a ponto de criar e ilustrar uma maravilhosa fantasia, que em breve surgirá nas telonas sob a direção de Tim Burton. 

4

Análise da Música Pais e Filhos


Um dos maiores sucessos da Banda Legião Urbana, o ritmo e o refrão que fala sobre “amar as pessoas como se não houvesse amanhã” faz dessa música uma das preferidas dos fãs de Renato Russo (voz na banda e compositor). Mas, essa melodia alegre e frase bonita do refrão esconde uma verdade sombria sobre a letra.
1

Éramos Seis: Belo, triste e emocionante como a vida


Autor: Maria José Dupré
Editora: Ática
Ano: 1973 (18ª ed.)
Páginas: 258
Nota: 4/5

Sinopse: A história de Dona Lola e sua família, uma bondosa e batalhadora mulher que faz de tudo pela felicidade do marido, Júlio, e dos quatro filhos: Carlos, Alfredo, Julinho e Maria Isabel. A vida de Dona Lola é narrada desde a infância das crianças, quando Júlio trabalha para pagar as prestações da casa onde moram, passando pela chegada dos filhos à fase adulta e de Dona Lola à velhice.

Quem conhece os livros da Série Vaga-lume, sucesso nas décadas de 1980-90, sabe que são histórias de aventuras, vividas por jovens corajosos e com muita ação. Embora pertença a essa série, esse livro é diferente, narra outra grande, perigosa e emocionante aventura: a vida em família.
1

Análise da Música “Como os Nossos Pais”


Escrita e gravada por belchior em 1976, essa música foi sucesso na voz de Elis Regina, e mais recentemente Sandy Leah e Maria Rita, é poesia pura. Tanto a letra como os acordes são lindíssimos e conseguem me arrepiar cada vez que a ouço. Há quem diga que a canção está fazendo uma crítica ao período do Regime Militar e à perseguição sofrida pelos jovens da época, só que essa interpretação é muito pobre e não atinge a potencialidade genial de sua letra.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...