Resenha: Simplesmente o Paraíso - Quarteto Smythe-Smith #1 Resenha: Uma Lição de Vida Resenha: Era uma Vez no Outono Resenha: Secrets and Lies
2

Os Tambores do Outono: O Recomeço no Novo Mundo


Autor: Diana Gabaldon
Editora: Editora Arqueiro
Ano: 2018
Páginas: 880
Nota: 5/5
Após tomar a difícil decisão de deixar a filha no século XX e viajar no tempo novamente para reencontrar seu grande amor, Claire Randall tem mais um desafio: criar raízes na América colonial do século XVIII ao lado de Jamie Fraser. Eles partem rumo à Carolina do Norte para achar um novo lar e contam com a ajuda de Jocasta Cameron, tia de Jamie e dona de uma propriedade na região.

Enquanto isso, em 1969, Brianna Randall se une a Roger Wakefield, professor de história e descendente do clã dos MacKenzie, para descobrir as respostas sobre as próprias origens e sobre Jamie, o pai biológico que nunca conheceu.

Em meio às buscas, ambos encontram indícios de um incêndio fatal envolvendo os pais de Brianna. Mas Roger não pode lhe contar isso, porque sabe que a namorada tentaria voltar no tempo para salvá-los. Por outro lado, Brianna também não compartilha sua descoberta, pois tem certeza de que Roger tentaria impedi-la.


Esse livro é um presente aos fãs de Outlander, pois além de juntar em um único volume as duas excelentes partes que formam “Os Tambores do Outono”, ainda traz na capa uma linda foto dos protagonistas James e Claire, representados na adaptação da TV.

Sou fã de todos livros da saga, porém de todos sempre preferi o plot da chegada e estabelecimento nos Estados Unidos porque é o que equilibra melhor reviravoltas de ação com aprofundamento psicológico dos personagens, destaque para o encontro super emocionante e entre alguns personagens, que não posso falar mais para não dar spoilers.


Outro ponto forte é a história de amor entre Brianna e Roger, sei que muitos fãs não gostam dele nesse livro, mas esses não entendem que ele tem a cabeça de um homem dos anos 1940s e ainda por cima que nasceu e cresceu em um meio totalmente voltado à religião cristã mais tradicional, ele até que a trata muito bem quando se pensa nesse contexto, afinal não são todos os homens tão mente aberta e à frente do seu tempo como Jaime Frase (e nem seria coerente se fossem).

As descrições são riquíssimas: há fazenda de escravos cultivando algodão, aldeias de índios nativos americanos em conflito com colonos, as belezas de um território virgem... você se sente naquele lugar, naquela época. E embora ainda tenhamos ação (Outlander é sinônimo de ação), é a vida deles na nova terra que vamos conhecer, com direito a situações do cotidiano, como Jamie consertando telhado e Claire enfrentando uma porca enfurecida parindo seus rebentos em plena despensa.

Não pense com isso que é uma vida sossegada, disputas entre índios e colonos, a revolução americana que se aproxima, doenças, problemas com donos de escravos, uma caveira suspeita... mesmo não tendo toda a tensão que o anterior, é um livro cheio de acontecimentos tão interessante que não se vê as mais de mil páginas passando.

Diana Gabaldon é uma excelente escritora, consegue recriar com perfeição as vestimentas, os costumes e culturas e as paisagens locais dos períodos, que denotam uma profunda pesquisa, até mesmo sobre os fatos históricos, pois em alguns momentos nos vemos em países distintos e com localidades muito adversas.  Recomendo fortemente todos da série para quem ainda não teve o prazer de conhecer essa obra de arte.

2 comentários:

  1. Que amor... Eu quero demais ler todos os livros. Estou ansiosa mas, infelizmente ainda não tive condições de comprar. Em breve sei que conseguirei ler.
    Beijos.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá.
    Sempre ouço muitos elogios sobre esta série. Seja pela escrita da autora e suas descrições de fatos históricos e paisagens. É muito bom quando um livro nos deixa satisfeita assim com sua leitura.
    Bjus

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...