Resenha: Simplesmente o Paraíso - Quarteto Smythe-Smith #1 Resenha: Uma Lição de Vida Resenha: Era uma Vez no Outono Resenha: Secrets and Lies
0

O Destino das Terras Altas - Eis que a A saga dos Murray Começa


Autor: Hannah Howell
Editora: Editora Arqueiro
Ano: 2019
Páginas: 272
Nota: 4/5


Sinopse: Quando o destino coloca Maldie Kirkcaldy na mesma estrada que sir Balfour Murray e seu irmão ferido, ela lhes oferece seus serviços como curandeira. Ao saber que tem em comum com Sir Balfour um juramento de vingança, decide seguir com ele para cumprir a sua missão. Mas ela não pode lhe revelar sua verdadeira identidade, sob o risco de ser acusada como espiã. Enquanto luta para negar o desejo que a dominou assim que viu o belo cavaleiro de olhos negros pela primeira vez, Maldie tenta a todo custo conservar o aliado. Balfour, por sua vez, sabe que não pode confiar nela, mas também não consegue ignorar a atração que nasceu entre os dois. E, ao mesmo tempo que persegue seu objetivo de destruir Beaton de Dubhlinn, promete descobrir os segredos mais profundos de Maldie e conquistar o seu amor. Para isso, não deixará que nada se interponha em seu caminho. 

Confesso que andava meio com preguiça dos romances de época, as histórias são muito lineares, com a batida questão da heroína a frente do seu tempo que precisa enfrentar a sociedade que quer dominá-la e acaba se apaixonando por alguém, muitos personagens caricatos e dramas previsíveis. Mas, felizmente encontre essa livro e me fez mudar de ideia.


Não pense que é uma obra genial, a obra é fluída e bem contada mas nada demais nisso, mesmo assim o livro me cativou por muitos motivos. A começar pelo fato da narrativa se passar na Escócia Medieval, quando a maioria dos romances de época se passam na Londres Vioriana, só a mudança de cenário já garante um ar de diferença tanto dos costumes quanto nas paisagens, e que belas paisagens são descritas!

Outro elemento que me interessou foi o fato do casal se entender logo, eles já ficam juntos lá pela metade do livro e não tem tanta enrolação de gente/acontecimentos querendo separá-los, u, alívio. E finalmente, um personagem do sexo masculino, highlander que não exala masculindade tóxica, sabe ceder e tem suas incertezas, receios e toma decisões erradas, além de ser excelente para sua família.

Sendo ele tão indeciso, cabe à protagonista Maldie Kirkcaldy tomar as rédes de seu destino, buscar sua vingança e dar andamento a toda drama que se desenrola em meio a guerras e rixas familiares. Sendo ela uma curandeira, mulher à frente do seu tempo e apaixonada me lembrou a Claire, personagem da saga de Livros Outlander da Diana Gabaldon.

É um livro simples, que apesar de em alguns pontos ser inovador ainda segue muitos clichês do gênero, memso assim vale muito bem a leitura, é uma saga grande com mais de 20 obras já publicadas e estou curioso para saber o que vai acontecer com os outros personagens e o desenrolar dos próximos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...